5
Mar
2019

Quem está em primeiro lugar em sua vida?

Toda vez que ouvimos alguém dizer que é especialista em um determinado assunto, nos sentimos seguros ao saber que essa pessoa passou anos coletando informações e conhecimento para fazer escolhas corretas em seu campo. Quando ouvimos uma pessoa dizer que é cristã, hesitamos em fazer a mesma suposição. Isso ocorre porque muitas pessoas dizem que seguem a fé sem sequer compreender verdadeiramente o que ela envolve. Embora Cristo seja o próprio amor, Sua missão na terra é diferente do que a maioria acredita. Entender essa missão é fundamental para qualquer pessoa que deseja seguir a Cristo da maneira como Ele planejou.

“Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; Porque eu vim por em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; E assim os inimigos do homem serão os seus familiares. Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á.” (Mateus 10:34-39)

Este versículo mostra como é importante colocar Deus acima de tudo em nossa vida. Isso não significa que Deus quer provocar divisão entre famílias. Significa que não devemos permitir que ninguém interfira em nossa comunhão com Ele, mesmo que isso signifique entristecer as pessoas mais próximas de nós. Quando decidimos agradar a Deus, temos que ir contra as tradições familiares, a influência negativa de amigos ou qualquer coisa que possa surgir entre nós e Deus.

Mas é a última frase deste versículo que resume tudo. Quem tenta viver a vida do jeito que acha melhor, vai passar por muitas dificuldades e até mesmo perder sua salvação.

Mas aqueles que entregam suas vidas terrenas herdarão uma vida abundante e também sua salvação. Na prática, isso significa dizer “não” às coisas que não envolvem Deus, independentemente das consequências.

Em muitos casos, as pessoas começarão a sair de nossas vidas por causa de nossa decisão e pode parecer que estamos perdendo nossos amigos ou familiares, ou, por exemplo, quando começamos a dizer a verdade em nosso local de trabalho e somos demitidos por isso. Na realidade, estamos negando as coisas deste mundo para que Deus possa permanecer em primeiro lugar em nossas vidas. Ao fazer isso, Deus nos retribui dando a vida que Ele quer que vivamos, que é melhor do que qualquer coisa que possamos alcançar por nós mesmos.

Ser cristão é muito mais do que conhecer alguns versículos bíblicos, frequentar uma igreja ou cantar louvores. É pegar a espada que Ele menciona e separar o que é de Deus e o que não é. Envolve abandonar a nossa própria vontade e desejos para que a Vontade de Deus seja feita, mesmo que desagrade a outras pessoas. É defender aquilo que acreditamos e colocar Deus em primeiro lugar para que tenhamos uma verdadeira comunhão com Ele e conquistar nossa salvação.

Leave a Reply