18
Apr
2018
fox-quote

Raposinhas – Como derrotá-las em 4 dias • 3ª semana

Na semana passada as raposinhas nos mostraram como podem atingir e destruir nosso relacionamento com Deus. Como trabaham as raposas desta semana? Quais são suas estratégias? Vamos descobrir agora.

INDIFERENÇA: A raposinha egoísta

Se deixarmos esta raposinha vagar livremente, ela pode não apenas nos cegar, mas também nos fazer roubar a oportunidade de salvação dos outros. Esta raposinha egoísta leva a pessoa a tornar-se indiferente em relação ao próximo e às necessidades da casa de Deus.

A mentalidade do “eu” faz com que a pessoa deixe de se preocupar em salvar almas, compartilhar seu testemunho e dar ao próximo a oportunidade de ouvir o evangelho e ser salvo. Muitas vezes, a pessoa até para de devolver o dízimo, esquecendo-se de que este é um ato sagrado de fidelidade a Deus e também uma ferramenta importante na propagação do evangelho. A neblina egoísta que ofusca a visão destas pessoas faz com que elas esqueçam o principal motivo de ainda estarem vivas: salvar almas.

“Assim fala o SENHOR dos Exércitos, dizendo: Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo em que a casa do SENHOR deve ser edificada. Veio, pois, a palavra do SENHOR, por intermédio do profeta Ageu, dizendo: porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta? Ora, pois, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado.” (Ageu 1:2-6)

RESSENTIMENTO: A raposinha zangada

Esta raposinha é astuta! Aquela sensação amarga de indignação que pode surgir quando somos tratados injustamente tem um grande potencial para prejudicar as nossas vinhas. O segredo para afugentá-la é perdoar completamente aqueles que nos fizerem mal.

“Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus. Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.” (Lucas 6:35-37)

NEGLIGÊNCIA: A raposinha ocupada / displicente

Esta nova era de rapidez e inovações que buscam entreter e facilitar a vida de todos é o ambiente perfeito para que esta raposinha domine. Devido ao estilo de vida atual, as pessoas tornam-se tão ocupadas com o Facebook, Twitter, Instagram, em passeios, festas, com a moda, com ganhar dinheiro, com estabelecer uma boa reputação e muitos outros compromissos sociais, que suas agendas simplesmente ficam muito cheias para “encaixar” Deus.

O interessante é que elas criam tempo para tudo, mas, tratando-se da vida espiritual, a negligência reina. Elas deixam de passar um tempo de qualidade com Deus, em oração. Ficam muito cansadas para ouvir Sua Palavra ou buscar entender Sua mente através da meditação bíblica.

É como se não houvesse horas suficientes no dia para elas tirarem um tempo para jejuar, ou até mesmo participar das reuniões. No entanto, logo pela manhã, elas têm tempo para se atualizar sobre as últimas curtidas e compartilhamentos nas redes sociais. Esta raposinha ocupada trabalha muito sutilmente, mas se ela não for expulsa, a queda é certa!

“Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.” (Marcos 12.30)

 

 

Leave a Reply