8
Apr
2021

“Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; nas quais, também, em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas.” (Colossenses 3:5-7).

O destino da nossa alma está em nossas mãos. Não depende de ninguém mais (nem mesmo de Deus). Fomos todos chamados mas cabe a nós nos tornarmos escolhidos. Como? Decidindo não ser o tipo de cristão que vive apenas de aparência. Temos que parar de resistir a Deus e deixar Ele nos moldar, para que Sua vontade possa ser feita em nossa vida. Nossa decisão de seguir a Deus certamente terá um preço. Podemos perder amigos, familiares e outras coisas, e isso não é fácil, mas a verdade é que podemos perder qualquer coisa, menos nossa salvação. Devemos pensar em nós mesmos como almas que têm o poder de decidir onde passarão a eternidade.

Nosso Senhor Jesus tentou despertar as pessoas, para que entendessem a importância da salvação. Ele ensinou muitas lições e contou parábolas variadas, alertou Seus discípulos e continua fazendo o mesmo hoje. Mas, como a Palavra de Deus nos ensina, algumas pessoas não darão atenção para a Verdade e virarão as costas para Jesus, permanecendo em sua vida de pecados (ver 1 Timóteo 4:1-5). Muitas pessoas ainda estão apegadas a mágoas, ódio e outros sentimentos negativos. Elas estão deixando passar a oportunidade de ter um relacionamento verdadeiro e duradouro com Deus, pois não tomaram a decisão de “mortificar” sua velha natureza de uma vez por todas.

“Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos, e vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem dAquele que o criou…” (Colossenses 3:8-10).

Essa é a decisão que Judas deveria ter tomado. Ele deveria ter matado sua natureza pecaminosa. Seu erro não foi por falta de conhecimento, pois ele sabia a Verdade. Quando sabemos a Verdade e continuamos vivendo no pecado, colhemos as consequências, assim como ele colheu. Infelizmente, muitos ainda estão apegados ao mundo, e é por isso que suas vidas ainda estão estagnadas. Mesmo que não estejamos cometendo erros grotescos ou pecados capitais, como assassinato ou adultério, devemos saber que basta termos maus olhos, por exemplo, para sermos reprovados por Deus.

Por isso, devemos estar sempre preparados. A Segunda Vinda pode acontecer a qualquer momento e, no Dia do Julgamento, não teremos mais chances. Os sinais do fim dos tempos são visíveis (ver Mateus 24) e você não precisa estar no lugar errado, na hora errada. Você pode estar no lugar certo, que é a presença de Deus. Assim, não sofrerá as consequências de Sua ira.

É hora de deixar para trás o que tem te separado de Deus. Mas a escolha é sua. Você será um vaso de honra ou de desonra? Vai escolher a vida eterna ou a condenação eterna? Qual igreja do Livro do Apocalipse você será? A Igreja morta? A Igreja morna? A Igreja corrupta? A Igreja fiel? (Ver Apocalipse 2-3).

Se você está lendo isso, saiba que ainda há esperança para si. Você pode tomar sua decisão hoje mesmo!

Leave a Reply