9
Mar
2021

Conquistamos muitas coisas através da fé. Porém, não podemos ter fé apenas para tomar posse das bênçãos. Também devemos ter fé para encarar as provações, tribulações, lidar com perdas e passar por desertos.

Muitos são aqueles que têm fé para vencer, mas não para perder. Eles têm fé em Deus enquanto tudo estiver favorável, mas quando as coisas não estão indo como gostariam, jogam a toalha e até viram as costas para Deus. Mas a realidade é que às vezes precisamos enfrentar provações, que são importantes. Elas podem ser desagradáveis, mas são necessárias, e devemos ter fé para encará-las.

O problema é que, quando esse tipo de situação acontece, algumas pessoas amaldiçoam a Deus e se jogam “nos braços do mundo”, esquecendo que Deus quer usar aquela situação para as ensinar. E é exatamente nos momentos de tribulações que o diabo surge, dizendo que Deus nos abandonou e que Ele não está conosco. Por isso, devemos ter cuidado para, nos momentos de tribulação, não darmos ouvidos a vozes externas. Lembra-se de Jó? Em um momento de fragilidade espiritual, sua esposa tentou tirá-lo do foco. Mas qual foi a reação dele quando sofreu perdas? Ele confiou em Deus (ler Jó capítulo 2) e é assim que devemos ser.

Não podemos esquecer que Deus permite passarmos por perdas e, embora possamos não entender o motivo, Ele quer o melhor para nós. Muitas vezes não entendemos que, em certas ocasiões, através dessas perdas, Ele está nos livrando de possíveis desastres que poderiam impactar fortemente nossa vida ou nossa salvação (por exemplo, a perda de um relacionamento, de um emprego, de uma amizade, etc.).

Embora não seja fácil, é nesses momentos de provações que desenvolvemos maturidade espiritual. Sem maturidade, nunca entenderemos que Deus testa a nossa fé, e nunca aprenderemos como lidar com as situações da vida. Como o Apóstolo Paulo ensina: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o Seu propósito.” (Romanos 8:28).

Seja qual for a situação que você esteja enfrentando neste momento, lembre-se de que a maior universidade deste mundo é o deserto, pois é lá que damos frutos abundantes, desenvolvemos nosso entendimento, aumentamos nossa fé e glorificamos a Deus.

“E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança.” (Romanos 5:3-4).

 

Leave a Reply