18
Jan
2021

“Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação.”(Habacuque 3:17-18).

Contratempos, decepções, más notícias… talvez você esteja passando por esses tipos de provações. Mas para completar a carreira, você precisa ser um cristão maduro, e esta palavra foi dada para nos ajudar a sermos mais maduros. Cristãos maduros confiam em Deus incondicionalmente. Aqueles cuja fundação é sólida confiam em Deus, principalmente em momentos como este que estamos enfrentando, pois independentemente das circunstâncias, eles se alegram no Senhor.

Esta é a atitude que devemos adotar. Nossa alegria não pode ser baseada nas coisas que conquistamos, ou na situação que estamos vivendo, mas sim em saber que nossos nomes estão escritos no Livro da Vida. Foi isso que nosso Senhor Jesus ensinou a Seus discípulos:

“Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus.” (Lucas 10:20).

Não importa o que enfrentamos ou até mesmo o que perdemos nesta vida, se mantivermos a nossa salvação, não perdemos nada. Não podemos deixar os problemas que encontramos nos fazer retroceder na fé. Não podemos permitir que o diabo use nossos problemas para nos tirar da presença de Deus, pois isso é exatamente o que ele quer. Por isso, não podemos questionar a Deus. Ele sabe de tudo e nos conhece melhor do que nós mesmos. Em algumas situações, Ele até negará certas bênçãos a nós para o nosso próprio bem, pois uma benção antes do tempo é uma maldição (ver Provérbios 20:21).

Você pode estar passando pelo momento mais difícil de sua vida, mas escolha confiar em Deus. Não reclame, nem se dê por vencido, mas ore para que Deus te fortaleça. Como cristãos, devemos aprender a levantar “pesos espirituais”, para exercitarmos a nossa fé. Deus está nos treinando para batalhas maiores, para enfrentarmos os “Golias” deste mundo. Embora essas coisas sejam desagradáveis, elas nos tornam fortes.

É no deserto que temos experiências com Deus, assim como aconteceu com Jesus. O Espírito de Deus levou Jesus ao deserto para prepará-Lo para o que estava por vir (ver Mateus 4:1). Foi fácil? Certamente não! Mas o deserto O fortaleceu para que Ele pudesse tomar o Cálice da Ira em nosso lugar. Então, ao invés de darmos ouvidos aos outros e às vozes de dúvidas, devemos confiar em Deus e agradecê-Lo por nossa fé.

Conforme caminhamos para o fim, devemos manter nossos olhos no alto, pois somente os que perseverarem até o fim serão salvos. Se desistirmos de Deus, os anos durante os quais fomos cristãos não nos livrarão. Lembre-se, é nos momentos mais difíceis que Deus Se revela, de uma maneira extraordinária.

Esta década, seremos testemunhas de Deus mais do que nunca, se escolhermos manter nossos olhos nEle e nos alegrarmos em nossa salvação.

Que Deus te abençoe.

Leave a Reply