6
Jan
2021

“E repousará sobre Ele o Espírito do Senhor, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor.” (Isaías 11:2).

Para alguns, senhor significa alguém que tem servos e os usa da maneira que lhe bem entender. Porém, na perspectiva bíblica, Senhor significa servo. Esse é o caráter de Deus, e o nosso Senhor Jesus é o maior servo. Ele é o Pastor e Guardião. Ele cuida de Seu rebanho e Seu rebanho O honra e respeita.

Com isso em mente, temos que entender a importância desse atributo. Aqueles que têm o Espírito do Senhor têm o espírito de servos. Em outras palavras, eles têm as mesmas características que o Senhor Jesus.

“Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a Sua vida em resgate de muitos.” (Marcos 10:45).

Quando temos o Espírito Santo, estamos dispostos a servir. Temos prazer em servir aos outros, pois entendemos que quando fazemos isso, estamos servindo a Deus. Não se trata de sermos servidos, como o mundo ensina, mas de colocarmos em prática o que a Palavra de Deus nos ensina.

“Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo; não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus.” (Efésios 6:5-6).

Para sermos verdadeiros servos de Deus, devemos ter este espírito de servo. As crianças devem se esforçar para respeitar seus pais, as esposas devem se submeter aos seus maridos, os maridos devem cuidar de suas esposas, etc. Pense nisso… um marido maltrataria sua esposa se a considerasse como a Igreja? Ou uma esposa desrespeitaria seu marido se o tratasse como o Senhor Jesus? Quando servimos aos outros, podemos não estar servindo a Jesus diretamente, mas estamos O servindo indiretamente.

É por isso que aqueles que têm o Espírito do Senhor não têm dificuldades em se submeter às autoridades. Eles enxergam Deus em tudo e respeitam, inclusive, seus chefes no trabalho, independentemente de quem sejam. Para alguns, ter o espírito de servo pode ser visto como algo humilhante ou degradante, mas quando realmente temos o Espírito Santo, consideramos isso um privilégio.

Podemos usar os discípulos como exemplo. Quando Jesus estava lavando seus pés, eles estavam chocados, pois não esperavam que Ele faria aquilo. Mas através daquele ato, nosso Senhor Jesus os ensinou uma grande lição (ver João 13:4-17). Hoje, Ele está nos ensinando a fazer o mesmo. Precisamos estar prontos para “lavar os pés uns dos outros” mesmo quando o outro não merece. Isso significa que devemos estar dispostos a dizer “desculpa” primeiro, ter paciência com nossos familiares, pensar bem antes de falar, etc. O diabo sempre vai tentar nos fazer pensar que as pessoas vão querer tirar vantagem de nós, mas devemos olhar para o Senhor e seguir Seu exemplo.

Quer servir a Jesus? Então lembre-se das Suas palavras: “Porque tive fome, e destes-Me de comer; tive sede, e destes-Me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-Me; estava nu, e vestistes-Me; adoeci, e visitastes-Me; estive na prisão, e foste Me ver.” (Mateus 25:35-36).

A obra do Espírito Santo continua a mesma e Ele quer te equipar com a mesma capacidade que Jesus tinha, para que você possa servir como Ele serviu. Devemos sempre focar em fazer nosso melhor para Jesus, onde quer que estejamos, pois quando estamos servindo uns aos outros, estamos O servindo. E Ele promete honrar todos aqueles que são Seus verdadeiros servos.

“Se alguém Me serve, siga-Me, e onde Eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém Me servir, Meu Pai o honrará.” (João 12:26).

Leave a Reply