Skip to content

uk  brazil2

25 de janeiro de 2014

Vacina n˚3

by Alvaro Lima

Não há imunização contra a emoção, pois este vírus já está dentro do coração de todo ser humano. Devemos ser imunes aos seus apelos e desejos. Como fazê-lo?

Não alimente as vontades do seu coração!

Entenda que nem toda emoção é maligna, mas você deve avaliar se esta emoção está interferindo com o que você sabe que é o certo a se fazer. Se está, então você deve dizer não ao seu coração e fazer o que é correto.

Ex: Alguém fez ou disse algo que lhe ofendeu. O seu coração diz que você não deve falar mais com esta pessoa e que isso é absolutamente normal. Perdoá-la seria um sinal de fraqueza. Mas você sabe que Jesus disse: “Perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que também vosso Pai que está no Céu, vos perdoe as vossas ofensas.” Marcos 11.25. Nesse momento, você diz ao seu coração: “Não interessa o que você quer. Vou fazer o que é correto. O que meu Deus manda.” E, contrariando suas emoções, você ora e perdoa quem lhe ofendeu, tratando esta pessoa com o mesmo respeito de antes.

Ao usar a fé, deixe a emoção de lado!

Até Jesus chorou quando Lázaro morreu (João 11.35) mas naquele momento, Ele pôs a emoção de lado e agiu a fé para ressuscitar seu amigo. Ele disse: ‘Tirai a pedra’, esta pedra são as emoções, que estão entre a fé e a conquista, você e o milagre.
Não espere que suas emoções apóiem a sua crença.

Jesus disse, ´Porque viste, crestes?’ O que vale mais pra você: O que você sente e vê, ou que está escrito na Palavra de Deus?

“Repousará sobre Ele o Espírito do Senhor, o Espírito de sabedoria e entendimento,
o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do
Senhor.” Isaías 11.2.

Você consegue enxergar neste versículo algum espírito de sentimento?

 

Read more from Blog, Uncategorized

Leave a comment

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments

required
required